MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



No primeiro artigo da série de curiosidades da China, conheça sobre a hidrelétrica que muda a duração de um dia e o trem mais rápido da China.

A hidrelétrica que altera, bem lentamente, a duração de um dia

Barragem chinesa movimenta tanta água que altera sutilmente a duração do dia no planeta.

A hidrelétrica é uma das principais fontes de eletricidade na China. (Fonte: Commons)

A Barragem das Três Gargantas se encontra no Rio Yang-Tsé, na cidade de Sandouping, província de Hubei. Aberta em 2003, a hidrelétrica foi a maior geradora de eletricidade no mundo até ser superada pela Usina de Itaipu em 2016. Além da geração de energia elétrica, que totalizou 100 terawatts-hora só em 2018, o projeto viabilizou o uso do rio como rota comercial para navios cargueiros, contando até mesmo com um “elevador” que move as embarcações entre os diferentes lados da barragem. Se você se interessa por embarcações, conheça a história da réplica do Titanic sendo fabricada na China.

A construção é considerada bastante controversa, já que comprometeu a preservação de reservas arqueológicas e biológicas. Mas os impactos naturais vão bem além do território chinês. De acordo com cálculos feitos pela agência espacial americana NASA, quando todos os quarenta quilômetros cúbicos de água do reservatório são movidos, a duração de um dia é aumentada em 0,06 microssegundos – em comparação, o flash de uma câmera fotográfica ilumina um ambiente por aproximadamente 1000 microssegundos.

De acordo com Dr. Benjamin Fong Chao, da NASA’s Goddard Space Flight Center, toda movimentação de peso influencia o planeta. “Qualquer evento mundial que envolve o movimento de massa afeta a rotação da Terra, seja o clima regional, seja dirigir um carro”, afirmou o pesquisador. Essa informação foi utilizada em um artigo sobre os impactos do terremoto de Sumatra, Indonésia, acontecido em 2005. 

Informações obtidas pelos espectrorradiômetros do satélite Terra apontam que a movimentação de peso pela hidrelétrica também alterou o formato do planeta Terra, ficando bem sutilmente “mais redonda no meio e mais achatada nas pontas”. Ela também alterou o posicionamento dos polos, movidos de seu eixo original por dois centímetros. Ainda que pequena, essa alteração é uma das maiores ocasionadas por construções humanas já registradas na história.

Se você gostou deste espaço sobre ciência e curiosidades da China, com certeza gostará do nosso artigo sobre os carros autônomos.

Curiosidades da China em fotos: a estação de trem Pequim Oeste

A estação se encontra no distrito de Fengtai, em Pequim, e foi construída em 1996. (Fonte: Commons)
Uma das entradas da estação que leva às plataformas de trem e metrô. O local recebe, em média, 400 mil passageiros por dia. (Fonte: Commons)
A partir desta estação é possível se locomover por toda a China, inclusive para outras regiões como Macau e Hong Kong. (Fonte: Commons) 

O trem chinês que ultrapassa quatrocentos quilômetros por hora

Composição chinesa atingiu a marca durante testes da linha entre Xangai e Zhejiang.

O trem consegue cobrir grandes distâncias em pouco tempo. (Fonte: Commons)

Essa é uma das maiores curiosidades da China. O continente asiático é conhecido pelo transporte ferroviário de altíssima velocidade, cobrindo longas distâncias em uma pequena quantidade de tempo. Apesar do mercado ser dominado pelos japoneses, a fabricante chinesa CSR Corporation decidiu entrar na disputa com o desenvolvimento do trem CRH380A. O objetivo da empresa era criar um trem com tecnologia chinesa que fosse silencioso e confortável, mas extremamente rápido.

Durante testes realizados antes da estreia comercial, o CRH380A alcançou 486,1 quilômetros por hora, um dos trens mais rápidos em território chinês já registrados. Apesar do impressionante desempenho, a composição chinesa ficou longe de alcançar o recorde estabelecido pelo trem japonês L0 Series, que atingiu 603 quilômetros por hora.

Apesar dos testes, a velocidade foi limitada a trezentos quilômetros por hora em 2011. Essa redução foi motivada por um acidente grave entre dois trens em Wenzhou, que despertou a desconfiança da população chinesa a respeito da segurança dos trens de altíssima velocidade. O CRH380A, por sua vez, não possui registros de acidentes desde a inauguração em 2010, percorrendo o trecho Xangai-Zhejiang em apenas 45 minutos – a linha possui mais de duzentos quilômetros de extensão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat