MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



Relatos de pessoas que viram um disco voador são frequentes. (Fonte: Commons)

A misteriosa aeronave chamou a atenção de visitantes de uma exposição de helicópteros em Tianjin. 

Redação pecahoje.com.br

Os OVNIs estão presentes no imaginário de todo mundo. Praticamente qualquer pessoa tem um relato de ter observado um “objeto estranho” voando pelos céus. Cidades como Roswell, nos Estados Unidos, e Varginha, no interior de Minas Gerais, ganharam notoriedade mundial por suas histórias intrigantes de seus habitantes entrando em contato com extraterrestres. Relatos desta natureza não são de agora: um dos contos mais antigos da história do Japão, “A Aventura da Princesa Kaguya”, escrito por volta do século X, já comentava a respeito de uma “máquina voadora redonda” que pairava os céus. Os alienígenas sempre estiveram presentes no imaginário de todos.

As tentativas anteriores

Talvez impulsionado pela fama destes veículos, diversas tentativas existiram para construir um disco voador – ou, para definir melhor, uma versão feita exclusivamente por terráqueos. No ápice da Guerra Fria, os canadenses desenvolveram o Avrocar, pequena nave similar ao veículo alienígena que substituiria jipes e helicópteros. No entanto, a ideia não funcionou muito bem, em vista que não conseguia levitar mais que vinte centímetros do chão e atingia apenas sessenta quilômetros por hora. No entanto, os chineses entraram recentemente na disputa para desenvolver um nave deste estilo – a primeira tentativa com investimento militar desde os anos 60.

Postagem no Twitter exibe aeronave em demonstração no evento. (Fonte: Reprodução/Twitter)

A revelação do disco voador chinês

Chamado de “Super Grande Tubarão Branco”, a aeronave foi exposta na edição de 2019 do Festival da Aviação em Tianjin, atraindo a atenção de todos os frequentadores. Especula-se que a fabricante desta curiosa nave é uma subsidiária da Aviation Industry Corporation of China (AVIC). Essa empresa não é estranha para os seguidores do blog do Pecahoje.com.br: ela foi a proprietária original da Hafei Motor, fabricante da Towner Junior e da Effa Picape – atualmente a montadora destes automóveis faz parte do Chang’an Automotive Group.

De acordo com o letreiro que o acompanhava, o “disco voador” se encontra na fase inicial de desenvolvimento e é inspirado pelas tecnologias de design usadas pelos helicópteros de combate e de carga desenvolvidos nos Estados Unidos e na Rússia. O veículo ainda não foi visto em vôo, mas caso decole e atinja uma altura razoável, será a primeira aeronave deste estilo a conseguir este feito. Ainda conforme os responsáveis pelo “Super Grande Tubarão Branco”, o primeiro vôo está agendado para o Festival da Aviação de 2020 em Zhuhai, em Guangdong.

Um suposto esquema circula na internet, obtido pela agência de notícias russa RT, detalha o interior da nave, que consiste em um grande anel que abriga uma hélice, duas turbinas para acelerar e um cockpit acoplado no meio, que abrigaria dois tripulantes. Dentre os armamentos disponíveis, destaque para compartimentos que alojariam dois tipos de mísseis e uma metralhadora montada. Por fim, dado o formato de sua carcaça, seria praticamente invisível aos radares inimigos. Apesar de apresentar características similares aos outros protótipos desenvolvedores durante a Guerra Fria, ninguém confirmou o que foi feito de diferente para superar o fracasso dos protótipos feitos em outros países.

Uma aeronave em voo que pode ter inspirado o disco voador chinês.
O Avro Canada VZ-9AV, protótipo canadense desenvolvido no final dos anos 50, em um de seus modestos voos. (Fonte: U.S. Air Force – Força Aérea dos Estados Unidos)

A liberdade para desenvolver estes protótipos ousados pode ser explicado pelo orçamento do exército chinês, que está próximo dos 750 bilhões de reais. Para efeito de comparação, os americanos desembolsaram aproximadamente 3 trilhões em 2018 com gastos militares.

Os chineses são fascinados com fabricações inusitadas: recentemente um grupo empresarial do país decidiu construir uma réplica do Titanic, famosa embarcação que naufragou ao se colidir com um iceberg.

A ideia é inusitada mas os desenvolvedores parecem animados com o futuro da aeronave. Talvez agora, ao observarmos um objeto estranho voando no céu, ao invés de iniciar nossa jornada “em busca de conhecimento” enquanto ficamos inquietos por uma possível abdução, possivelmente trataremos todo o fenômeno sobrenatural com desconfiança. Afinal, ainda pode ser uma invenção da China.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat