MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



A bieleta é uma peça fundamental na estabilidade do veículo, mas possui problemas que só um mecânico pode entender.

Redação pecahoje.com.br

Diversos componentes estão envolvidos em manter o veículo estável durante a condução. A bieleta é uma delas: trata-se de uma articulação com o formato de uma haste, que liga a suspensão à barra estabilizadora. A fixação é feita mediante o uso de buchas de borracha ou pinos esféricos. O propósito é auxiliar o sistema de suspensão a estabilizar o automóvel, especialmente durante as curvas onde fará a transferência da força, assim como permitir a angulação das rodas. Alguns carros contam, também, com o controle de estabilidade.

Como é de se esperar, o desgaste das bieletas ocorre com o uso natural do veículo; pode levar anos até surgir a necessidade de fazer a substituição desta peça. Este período é largamente influenciado pelos hábitos de condução do motorista, em especial quando não se desvia dos buracos e outras falhas do asfalto, assim como pelo contato com terrenos irregulares (como estradas de terra, por exemplo) e até mesmo pequenos acidentes. Se ocorrer um impacto forte de um objeto externo com as rodas como, por exemplo, ao bater em uma calçada, é de bom grado verificar as bieletas em uma oficina.

Ainda que seja possível observar sintomas de bieletas defeituosas ao dirigir o veículo, é difícil citá-las como “evidências definitivas” de seu mau funcionamento. Problemas como o veículo “puxar para um lado”, ou um ruído constante que pode ser ouvido em certas situações, como durante uma curva fechada em baixa velocidade, não são sinais exclusivos de bieletas com problemas. É necessário que um profissional capacitado avalie qual parte do veículo está ocasionando este problema.

Os problemas podem variar desde folgas nas fixações, coifas danificadas até o empenamento da haste por completo. É importante fazer a substituição imediatamente quando a necessidade surge, em vista dos efeitos da perda de estabilidade do veículo. Algumas anomalias podem ocorrer durante curvas que podem levar a acidentes. Em vista do desgaste, recomenda-se fazer a troca das bieletas de ambos os lados, assim como fazer o realinhamento das rodas para assegurar que o carro opere novamente como esperado.

Uma biela e uma bieleta do motor, lado a lado.
Apesar do nome similar, elas são bem difíceis de confundir: à esquerda, uma bieleta traseira esquerda; à direita, uma biela do motor. Ambas peças são do Lifan X60.

Ainda que soem similares, bieletas e bielas não são a mesma peça. As bielas são peças responsáveis por auxiliar a transferência de potência oriunda do pistão – que é retilínea – para o virabrequim – de movimentação circular. Elas se encontram em pontos distintos do automóvel. Falaremos mais sobre essa peça em um futuro artigo sobre os virabrequins.

Se o seu veículo é de origem chinesa e está precisando trocas as bieletas, acesse o Pecahoje.com.br e conheça nosso catálogo. Oferecemos bieletas para automóveis das montadores CheryLifanJAC Motors e muitos outros!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat