MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



O Estádio Nacional de Beijing, que sediou o evento de abertura das Olimpíadas de Verão de 2008, receberá a abertura das Olimpíadas de Inverno na China Imagem por Peter23 sob licença CC BY-SA 3.0 Unported (imagem remixada do original)

Maior evento esportivo de inverno do mundo, as Olimpíadas acontecerão pela primeira vez em território chinês em 2022

A vigésima quarta edição do principal evento de esportes de inverno no mundo ocorrerá na cidade de Beijing, capital da China. Os chineses disputaram a chance de sediar o evento em 2015, quando receberam mais votos do que Almati, cidade mais populosa do Cazaquistão.

O início das Olimpíadas de Inverno na China está marcado para acontecer no dia 4 de fevereiro de 2022, com duração de dezesseis dias. Neste período acontecerão 109 eventos divididos em quinze disciplinas. Dentre os destaques estão os torneios de hóquei sobre o gelo, patinação artística e snowboarding.

Esta é a primeira vez que a China sediará o evento, com Beijing sendo a quarta cidade asiática a receber a competição, após Sapporo e Nagano, no Japão, e Pyeongchang, na Coreia do Sul. Os chineses serão a nona nação a receber as Olimpíadas, seja nos torneios de verão e inverno. A nação está em busca, também, de sediar uma Copa do Mundo – falamos mais a respeito disso neste artigo. O crescimento chinês nos esportes é notável, em especial pela nacionalização de jogadores de futebol brasileiros bem como pelos agitados campeonatos de futebol local.

O banimento da Rússia na competição

A bandeira que os atletas russos portarão nas Olimpíadas de Inverno na China.
Atletas russos independentes representarão um time com essa bandeira ao invés da Rússia. Imagem de Federação Russa sob domínio público

O evento não contará com a delegação da Rússia, devido a uma punição dada pela Agência Mundial Antidoping que baniu a nação por quatro anos. Uma investigação feita em 2019 concluiu que o governo russo manipulou amostras de atletas locais para não serem pegos no exame antidoping em várias competições europeias.

Apenas atletas russos que forem investigados e liberados pelo Comitê Olímpico poderão participar do evento. Estes não representarão a Rússia em si durante o torneio, mas disputarão sob a bandeira da “ROC”, sigla do Comitê Olímpico Russo. Dentre as restrições estão o banimento do uso do hino nacional durante as celebrações, a substituição da bandeira durante as cerimônias de apresentação e a necessidade de trazer escrito “atleta neutro” no uniforme.

As Paralimpíadas de Inverno

O Centro Aquático Nacional de Beijing recebe os eventos das Olimpíadas de Inverno na China.
O centro aquático nacional de Beijing receberá alguns eventos da disputa paralímpica em março de 2022. Imagem por Angus sob licença CC BY 2.0 Generic (imagem remixada do original)

A competição acontecerá duas semanas após o encerramento das Olimpíadas de Inverno, começando em 4 de março. A disputa contará com 78 eventos distribuídos em seis modalidades, sendo trinta delas dedicadas ao esqui alpino e outras vinte dedicadas ao esqui cross-country.

Esportes coletivos como o hóquei sobre o gelo adaptado e o curling sobre cadeira de rodas apresentarão equipes mistas novamente, permitindo atletas de ambos os gêneros no mesmo time.

A participação do Brasil nas Olimpíadas de Inverno

Um local de snowboarding em Sochi, Rússia, similar ao visto nas Olimpíadas de Inverno na China
O Brasil teve sua maior participação nas Olimpíadas de Inverno na sua edição em Sochi. Na imagem, o Resort Rosa Khutor, que recebeu os eventos de snowboard na ocasião. Imagem de Sergei Kazantsev sob domínio público

Devido ao clima tropical do país, o Brasil não possui ampla participação nas Olimpíadas de Inverno. O país nunca conquistou uma medalha nestas competições, mas tem classificado atletas para a disputa desde a edição de 1992, disputada em Albertville, na França. A melhor participação do país no torneio aconteceu em Turim, no ano de 2006, onde a snowboarder Isabel Clark Ribeiro atingiu a nona colocação no evento de snowboard cross.

A edição que mais contou com a participação de brasileiros aconteceu em 2014, em Sochi, na Rússia. Na ocasião, a delegação brasileira era composta por treze atletas, sendo seis deles integrantes dos times masculino e feminino do bobsleigh. Ainda assim, o Brasil foi a nação que enviou o maior número de esportistas ao evento dentre os países que não possuem neve naturalmente.

Redação pecahoje.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat