MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



O Estádio Nacional de Pequim, conhecido também como “Ninho de Pássaro”, recebeu diversas partidas de futebol durante as Olimpiadas de Verão de 2008. É um dos estádios cogitados para receber a Copa do Mundo na China. (Fonte: Commons)

Sede das Olimpiadas de Verão de 2008, China expressou interesse em sediar o principal torneio de futebol do mundo.

Redação pecahoje.com.br

Em rápido crescimento, o futebol está se tornando um dos esportes mais populares na China. Contando com um campeonato local bastante competitivo, rentável e cheio de jogadores europeus e latinoamericanos famosos, o território chinês finalmente entrou no mapa do futebol mundial. Uma das principais montadoras de automóveis da China, a Lifan, possui um time de futebol em uma das regiões mais populares da China. Para reforçar a seleção do país, a confederação de futebol chinesa nacionalizou diversos jogadores brasileiros em busca de uma classificação para o principal torneio de seleções do esporte. Em vista do potencial econômico de receber um torneio da escala de uma Copa do Mundo, rumores a respeito de uma proposta para sediar o campeonato tomam os noticiários esportivos.

Recentemente, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, esteve em Xangai para conversar com líderes políticos chineses para discutir “o regulamento da rotação de continentes”, que impede que o mesmo continente seja sede de uma Copa do Mundo nas próximas duas edições – e dado que o Catar é sede do torneio em 2022, nenhum país asiático poderá sediar o torneio em 2030. “Mas quanto mais propostas recebermos para sediar a Copa do Mundo, melhor será”, afirmou o presidente. As palavras do líder da federação máxima do futebol soaram como um incentivo para ver a nação sediando este torneio em algum momento, que escolheu, de forma unânime, o país como sede do renovado Mundial de Clubes que ocorrerá em 2021.

Uma visão do estádio de Tianjin cogitado para a Copa do Mundo da China
O Estádio Centro Olímpico de Tianjin, recebendo uma partida do Tianjin Teda contra o Guangzhou Evergrande válida pela Chinese Super League. (Fonte: Commons)

O plano do governo chinês para o futebol nacional

O plano é triplicar o valor da indústria de esportes local, que chegaria a valer mais de um trilhão de reais em 2025, de acordo com projeções. A ideia é ampliar a divulgação dos torneios disputados na China, assim como receber eventos de calibre mundial – algo que foi interpretado como um “incentivo governamental” para fazer uma proposta para sediar uma Copa do Mundo. Xi Jinping, presidente da China, é um grande fã de futebol e afirmar querer ver seu sonho de ver o país “classificado, anfitrião e campeão” da Copa do Mundo.

Rumores de uma proposta para sediar o torneio em 2034 surgiram na metade da década de 2010. Apesar que a data pareça extremamente distante, é normal que exista um burburinho antecipado: muitos países já expressaram interesse em receber o torneio. Dentre os competidores, destaque para uma proposta inédita de dez países unidos, todos membros do bloco da ASEAN, que consiste de países como Tailândia, Vietnã, Indonésia e Malásia. Os chineses estão escolhendo a data de 2034 pois a edição de 2030 tem grandes chances de ocorrer no Uruguai, de maneira a celebrar o centenário do torneio, que aconteceu naquele país em 1930. E vale lembrar que não faz muito tempo que o então presidente da FIFA, Joseph Blatter, havia prometido ao governo da Mongólia que a nação sediaria a Copa do Mundo de 2050 – uma semana após um grande escândalo de corrupção ter despontado na federação máxima do futebol.

A seleção posando para fotos para as eliminatórias da Copa do Mundo na China.
A seleção chinesa posando para fotos antes de partida válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo. (Fonte: Commons)

Conheça o histórico da seleção chinesa de futebol

A seleção do país participou de apenas uma Copa do Mundo masculina, que foi sediada no Japão e Coreia do Sul em 2002. Integrante do Grupo C composto pelas seleções do Brasil, Costa Rica e Turquia, os chineses fizeram uma campanha pífia, somando três derrotas, nenhum gol marcado e nove gols sofridos. No confronto com a seleção brasileira, a equipe asiática perdeu por 4×0, gols marcados por Roberto Carlos, Rivaldo, Ronaldinho e Ronaldo. Os chineses conseguiram desempenhos melhores em copas continentais, sendo vice-campeões de duas edições da Copa da Ásia, em 1984 e em 2004. Já as seleções femininas obtiveram melhores performances, sendo vice-campeãs da edição de 1999 da Copa do Mundo, e oito vezes campeã da Copa da Ásia feminina – sete obtidas de maneira consecutiva durante as décadas de 80 e 90.

O caminho para sediar a Copa do Mundo na China

O país já sediou diversos torneios de futebol, incluindo a Copa da Ásia em três ocasiões diferentes: duas edições do campeonato feminino (1997 e 2010) e uma do campeonato masculino (2004). A China sediará, também, a edição de 2023 deste torneio. Duas Copas do Mundo femininas ocorreram no país – em 1991 e 2007. Outros eventos esportivos de larga escala sediados pelo país incluem as Olimpiadas de Verão de 2008 e de Inverno de 2022, o Grande Prêmio de Xangai (parte do calendário da Fórmula 1 desde 2004), a Copa do Mundo de Basquete de 2019 e o Aberto de Tênis da China.

A participação dos chineses no esporte não está limitada à liga local. Na Itália, os principais rivais do futebol de Milão, Internazionale e Milan, foram de propriedade de investidores chineses. Os rossoneri do Milan contaram com uma experiência relâmpago com o novo proprietário, acumulando muitas dívidas que resultaram em violações do chamado “fair-play financeiro da UEFA”, levando a equipe a ser banida dos torneios internacionais por um tempo (até a decisão ser revertida pelo Tribunal Arbitral do Esporte). Já na elite do futebol inglês, a Premier League, dois times são de propriedade de empresas chinesas: Southampton e Wolverhampton Wanderers. 

Com a definição de sede esperada no meio da década de 2020, ainda há muito o que acontecer. Só apenas quando as propostas oficiais forem feitas, teremos uma ideal real da chance do país milenar ser a casa do futebol mundial pela primeira vez.

Redação pecahoje.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat