MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



País foi colonizado por Portugal no século XVI e é considerado “a China em português” por ter este idioma como língua oficial. (Fonte: Commons)

Região chinesa foi colonizada por portugueses e ficou conhecida por seus cassinos luxuosos e eventos esportivos movimentados.

Redação pecahoje.com.br

É bem fácil se sentir intimidado pelo complexo conjunto de línguas faladas na China – já comentamos sobre isso em outro artigo. Apesar de ser um dos mais falados no mundo, o idioma intimida interessados pela cultura do país por ser extremamente complexo e laborioso de ser aprendido. Encontrar alguém falando português na região é uma ideia remota – ao menos que estejamos falando com algum dos jogadores brasileiros nacionalizados chineses ou com o elenco brasileiro do Chongqing Dangdai, a equipe da Lifan Motors. No entanto, é possível desfrutar de parte da China sabendo apenas o português: Macau é uma região do território chinês que tem o português como uma de suas línguas oficiais.

A região era habitada desde a dinastia Han, mas foi colonizada por definitivo no século XVI com a chegada dos navegadores portugueses, que entraram em um acordo com a China para “alugar” o território de Macau, de maneira a instalar um ponto de trocas e comércio. A princípio, os lusitanos haviam se estabelecido em Tamão, região próxima da atual Hong Kong, mas foram expulsos pelo exército chinês.

Durante a Guerra Civil Chinesa, ocorrida entre os anos 20 e 30, Macau recebeu diversos refugiados da parte principal do país que aumentou a oferta de mão-de-obra, impulsionando o crescimento da indústria têxtil e de jogos de apostas na região. Parte da população, insatisfeita com o comando português da colônia, iniciou uma série de rebeliões em 1966 que levou Portugal a iniciar um processo de transferência completa da administração de Macau para o governo da China, concluído em 1999. A influência dos portugueses fica evidente quando observa-se a arquitetura de capelas e edifícios históricos, por exemplo.

A Casa-Museu de Sun Yat-sen possui detalhes de arquitetura portuguesa. (Fonte: Commons)

A área de Macau cobre 115 quilômetros quadrados, mas apenas uma pequena parcela da região fica em terra firme – com parte dela obtida através de aterramentos marítimos, ou seja, através da adição de terra ou areia para cobrir partes do mar. Apesar de pequena, a região possui 653 mil habitantes, sendo o território mais denso de população no mundo. A península possui, ainda, a segunda maior renda per capita do planeta, atrás apenas do Catar.

Diferentemente da China, os motoristas macaenses dirigem do lado esquerdo, devido a influência da colonização portuguesa. A transferência entre as regiões é feita em locais como a Ponte Flor-de-Lótus, que conta com um elaborado retorno – exploramos este assunto em um outro artigo.

Vários eventos esportivos ocorrem em Macau, como o Grande Prêmio de Macau de Fórmula 3. (Fonte: Commons)

A região é conhecida pelos fãs de automobilismo por contar com um circuito de rua, o Circuito da Guia, que recebe etapas dos campeonatos de Fórmula 3 e World Touring Car Cup. Diversos campeões de Fórmula 1, como o brasileiro Ayrton Senna e o alemão Michael Schumacher, ganharam o GP de Macau quando ainda faziam parte da Fórmula 3, no começo da carreira. Próximo ao local encontra-se o Museu do Grande Prêmio, que celebra os sessenta anos da história do circuito.

Além do automobilismo, a região organiza o próprio campeonato de futebol, com o campeão da chamada Liga de Elite participando da fase classificatória da Copa AFC – torneio asiático de escopo similar à Copa Sulamericana. A seleção macaense de futebol participa das eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo desde a edição de 1994, totalizando apenas uma vitória em partidas válidas pelo campeonato, ocorrido diante da seleção do Nepal em 1998, por um placar de 2×1. Outros eventos esportivos de destaque incluem uma rodada do Grande Prêmio de Vôlei da FIVB e do Aberto de Golfe de Macau.

Apelidada de “Las Vegas da Ásia”, região concentra vários cassinos e casas de apostas. (Fonte: Commons)

A região também é conhecida por ser “a capital mundial das apostas”, já que concentra em seu território mais de 35 cassinos, com destaque para o The Venetian Macao, considerado o maior cassino do mundo. A economia macaense é movida por turistas que visitam as casas de apostas, responsável por quase 80% da arrecadação do governo. Uma causa para o rápido desenvolvimento dessa indústria se deve ao fato que Macau é a única região da China em que os jogos de apostas são legalizados, atraindo empresários e investidores do país inteiro.

Pequena apenas nas dimensões geográficas, Macau é bastante movimentada e interessante, sendo um ótimo destino turístico na China – e, além de tudo, não vai ser necessário gastar alguns anos aprendendo chinês para aproveitá-la ao máximo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat