MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



A calibragem de pneus é vital para a eficiência e a qualidade do funcionamento do veículo. (Fonte: Commons)

Para diversos motoristas, a calibragem de pneus parece um detalhe trivial. No entanto, esse processo é necessário para melhorias no desempenho do veículo e, mais importante ainda, prevenir acidentes.

Redação pecahoje.com.br

Considerada uma tarefa rotineira para muitos motoristas, a calibragem de pneus é de suma importância para a manutenção do veículo. Uma verificação por semana é o suficiente para conseguir diversos benefícios que podem ser sentidos no desempenho do automóvel. Dentre elas, destaque para o aumento da durabilidade do pneu, melhoria no conforto para os passageiros, redução do consumo de combustível e a prevenção de acidentes.

Os valores da calibragem de pneus

A medida de calibragem de pneus mais encontrada é a libra. No entanto, é bem comum encontrar aparelhos importados em que a unidade informada seja em PSI, abreviação do termo pounds per square inch. A tradução deste termo é “libra-força por polegada quadrada“, sendo igual à libra convencional. O Sistema Internacional de Unidades não recomenda o uso desta unidade. De acordo com o sistema métrico convencional, o quilopascal é a métrica correta para a pressão em pneus.

1 PSI   =   1 Libra Por Polegada Quadrada   =   1 Libra

Todavia, vale notar que não há uma quantidade de libras adequada para todos os veículos. Este valor é afetado por diversas variáveis, como dimensões do veículo, altura do perfil do pneu, peso a ser carregado e a frequência do uso do automóvel. Portanto, seguir o valor descrito no manual do proprietário do carro é a melhor opção para garantir os benefícios do veículo. Outras informações também estarão disponíveis lá, como a calibragem ideal para veículos sob carga mínima ou máxima.

Os problemas de uma má calibragem

Diagrama demonstra as diferentes respostas no carro conforme a quantidade de pressão contida no pneu.

Os efeitos de uma má calibragem de pneus são muitos. Um deles acontece quando a pressão é excessiva, fazendo os pneus ficarem muito rígido. Isso leva a sentir as imperfeições da pista com maior intensidade, portanto causa a sobrecarga dos amortecedores, causando desconforto nos passageiros. Isso também causa o desgaste irregular do pneu, que ficará concentrado na parte central. Isso acontece por causa da diminuição da banda de rolagem, esta causada pela deformação do pneu devido a quantidade de pressão. Por fim, outra problema possível é a perda de aderência, que diminui a capacidade de frenagem e controle do veículo, podendo levar a acidentes.

Por outro lado, quando a pressão for menor que a indicada, ocorrerá um aumento da banda de rolagem, causando um desgaste acentuado nas extremidades do pneu. Isso causa mais resistência entre o veículo e a pista, aumentando o consumo de combustível, já que o veículo precisa de mais força para se mover. Dirigir sobre buracos pode danificar a roda, pois a proteção oferecida pela pressão do pneu está comprometida.

Em dias chuvosos, pneus com pressão abaixo do recomendado acumulam mais água na frente do carro, ao invés dos lados, facilitando a ocorrência de aquaplanagens, resultando em perda do controle do veículo. Por fim, é possível que o pneu saia da roda em curvas fechadas em raras ocasiões

A melhor maneira de cuidar dos pneus de seu veículo

O atrito do carro com o asfalto pode expandir os gases contidos no pneu, fornecendo resultados incorretos durante a calibragem de pneus. (Fonte: Commons)

Certifique-se de calibrar os pneus do carro quando estes estiverem frios. O atrito do veículo com a pista aumenta a temperatura dos pneus, que expande os gases contidos nele. Os pneus parecerão mais cheios do que realmente estão devido a este fenômeno, levando a calibragens incorretas. Portanto, opte sempre por fazer esse serviço nas borracharias e postos de gasolina mais próximos de sua casa ou local de trabalho.

Outro ponto a ser considerado – e muito esquecido – é a calibragem do estepe. É fácil imaginar que, por não estar em uso, o pneu reserva não passa por perda de calibragem. No entanto, é importante lembrar que a borracha é um material permeável, que libera o ar contido nele através dos poros de maneira lenta. Portanto, verifique a calibragem deste pneu sempre que possível. Falamos mais sobre os pneus estepe de menor tamanho em um artigo do nosso blog!

Por fim, lembre de verificar se a angulação da roda está de acordo com o descrito no manual do proprietário. Ângulos como câmber, cáster, divergência e convergência são vitais para fazer a pilotagem do veículo uma experiência segura e agradável. Nosso blog oferece um artigo completo explicando os ângulos corretos de diversos veículos lançados pela Effa Motors, dentre eles modelos fabricados pela Hafei. Conheça mais clicando aqui.

Portanto, vale a pena gastar alguns minutos por semana verificando a pressão dos pneus de seu carro. Por certo, além da melhora no desempenho do motor e na vida útil dos componentes, essa prática levará a um grande aumento na segurança do seu veículos – e dos passageiros também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat