MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



Vamos explorar os detalhes de manutenção preventiva que vão além das quatro rodas. (Fonte: Commons)

Quarta edição da série traz informações para viajar de maneira segura.

Na quarta edição da nossa série de artigos sobre manutenção preventiva, vamos explorar mais ideias para aproveitar ao máximo o tempo gasto no mecânico revisando seu automóvel. Vamos abordar, também, alguns aspectos que vão além das quatro rodas, de maneira a assegurar uma viagem tranquila e proveitosa.

Um resumo de manutenção preventiva

No nosso primeiro artigo da série, lançado em comemoração ao Maio Amarelo, exploramos a necessidade de verificar se os pneus estão gastos ou calibrados incorretamente, pois estes podem levar ao baixo desempenho durante frenagens. Caso queira entender melhor a respeito de calibragem de pneus, temos um artigo inteiro dedicado ao assunto!

O disco de freio é verificação essencial durante a manutenção preventiva.
Discos de freio foram destaque na segunda edição desta série de artigos – em destaque, a versão para Lifan 320.

Já na edição seguinte, ressaltamos a importância de se atentar aos ruídos incomuns durante frenagens, pois estes podem ser sintoma de pastilhas ou discos de freio desgastados. No artigo a respeito deste conjunto, oferecemos uma série de recomendações para fazer a troca adequada, bem como listamos outras peças deste sistema que podem apresentar problemas.

Por fim, na edição mais recente desta série, lançada na última virada de ano, destacamos o valor do sistema de iluminação, que permite “ver e ser visto” em condições de baixa visibilidade. Isso abrange não só os faróis e as lanternas, mas também os indicadores de posição, luzes de presença, freio e ré – assim como os farois e lanternas de milha.

Os farois devem ser observados durante a manutenção preventiva

Atente-se aos fluidos do veículo na manutenção preventiva

Para esta edição, chamamos a atenção a verificações básicas. Uma delas se diz respeito aos níveis dos diversos fluidos que são utilizados no automóvel. Componentes como freio, radiador e limpador de para-brisas levam fluidos diferentes que devem ser checados periodicamente. Não esqueça de verificar, também, se está levando ferramentas básicas, como chave de roda, triângulo e macaco. Por fim, atente-se para não deixar a revisão do carro para poucos dias antes de viajar. Isso é extremamente válido em épocas de férias e feriados prolongados, quando as oficinas mecânicas ficam bastante movimentadas.

Mas, obviamente, viajar de carro vai bem além das quatro rodas. Esteja atento a esses detalhes antes de pegar a estrada.

Planeje antes de cair na estrada

Tenha em mente o caminho a ser percorrido. Verifique a rota recomendada pelos aplicativos de mapa para assegurar que as vias a serem utilizadas não estão em má conservação. Observe, também, a quantidade de postos de gasolina e possíveis locais de descanso durante o trajeto, de maneira a estar preparado para as eventuais pausas.

Uma estrada em um pôr-do-sol. Atente-se à manutenção preventiva antes de cair na estrada.
Ter o caminho que você tomará em mente é uma boa prática antes de viajar. (Fonte: Commons)

Consulte a papelada

Verificar a apólice de seguro do automóvel é outro passo importante que muitas pessoas costumam ignorar. Ter prévio conhecimento de quais tipos de acidentes que a seguradora oferece cobertura, assim como a disponibilidade de serviços como guinchos e carros substitutos, evita transtornos caso ocorra um imprevisto. Caso o seguro atual não cubra o suficiente, existem empresas que oferecem pacotes completos que funcionam apenas durante o período de viagem.

Outro aspecto importante é checar a documentação do veículo. Leve sempre a Carteira Nacional de Habilitação e a Certificação de Registro e Licenciamento de Veículo nestas viagens. Se estas documentações estiverem vencidas, peça para que um familiar ou amigo de confiança dirija ou opte por deixar o automóvel na garagem; o motorista irregular pode ser multado e ter o carro apreendido. 

Uma estrada em uma floresta.
Verifique se a documentação está em dia. (Fonte: Commons)

Viagem para fora do Brasil requer atenção maior

Se o plano é viajar para fora do Brasil, esteja atento às regras do país destino. Nas nações integrantes do Mercosul, apenas a Carteira Nacional de Habilitação brasileira é suficiente para transitar no país. No entanto, a lei varia bastante: países como a Colômbia exigem uma Permissão Internacional para Dirigir, enquanto outros requerem portar outros documentos, como passaporte e certificado de registro e licenciamento do automóvel.

Informe-se, também, das leis particulares ao país a ser visitado: na Argentina, por exemplo, é proibido usar insulfilmes nos vidros, podendo resultar em multa, enquanto na Guiana, vizinha do Brasil, existe uma inversão de mão de condução, dirigindo do lado oposto.

Seguindo estes conselhos, ficará mais fácil assegurar que a viagem seja aproveitada ao máximo! Boa viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat