MECÂNICA
|
CURIOSIDADES
|
NOTÍCIAS



Com breve passagem no Brasil, Geely é uma das maiores fabricantes de carros da China

Redação pecahoje.com.br

Um dos maiores fabricantes de automóveis da China, a Geely é dona de diversas marcas de carro famosas, e uma breve aparição no Brasil. Vamos conhecer mais sobre essa empresa nesse artigo!

Os primeiros anos humildes da Geely

Um sedã da Geely.
Geely CK II (Imagem: Commons)

A gigante fabricante de automóveis teve um começo bastante humilde. A empresa foi fundada em 1986 pelo recém-formado Li Shufu, com apenas 23 anos de idade. Na ocasião, a Zhejiang Geely era apenas uma fabricante de peças para refrigeradores e só pode vir a existência com um empréstimo do pai do empresário.

O primeiro passo no mundo automotivo foi feito na metade dos anos 90, quando Shufu adquiriu uma fabricante de motocicletas estatal que estava falindo. Pouco depois, a empresa passou a fabricar vans e, no começo dos anos 2000, passou a fabricar carros.

O choque de realidade nos Estados Unidos

Um Geely MR7171A.
Geely Uliou, a versão lançada do MR7171A. (Imagem: Commons)

Com os olhos no mercado internacional, a Geely fez sua estreia no famoso Salão do Automóvel de Detroit, nos Estados Unidos, demonstrando o Geely MR7171A, conhecido como Merrie em outros países da Ásia.

A apresentação de um carro destinado às pessoas que entraram da classe média em países emergentes não atraiu comentários positivos dos jornalistas e espectadores americanos. Isso adiou a entrada da Geely nos Estados Unidos.

A Geely é dona de quais fabricantes de carros?

Um carro azul da Geely em uma concessionária.
Geely Preface (Imagem: Commons)

Desde 2008, a Geely ganhou fama por ser uma das fabricantes de automóveis que mais adquire empresas no mundo. A crescente se deu em 2008 quando a empresa deu início à aquisição da fabricante sueca Volvo Cars.

Não tardou até a empresa aumentar sua participação do mercado automotivo mundial. Logo a empresa adquiriu a London Taxi, responsável pelos famosos táxis vistos em Londres, na Inglaterra.

Em 2017, a montadora britânica Lotus foi adquirida pelos chineses da Geely. Naquele mesmo ano, a startup americana Terrafugia, responsável pelo desenvolvimento de carros voadores, foi comprada.

Um carro vermelho da marca.
Geely Zhongguolong (Imagem: Commons)

No mesmo período, a Geely também adquiriu parte da malaia PROTON Holdings, uma das principais fabricantes de carros da Ásia, bem como comprou 9,7% da Daimler AG, empresa detentora da marca Mercedes-Benz.

Além da própria marca de carros, a empresa possui diversas marcas, como a Emgrand, Lync & Co, Polestar, Maple, Zeekr e Zhidou, além da fabricante italiana de motocicletas Benelli.

A Geely no Brasil

Um Geely Englon King Kong.
Geely Englon King Kong (Imagem: Commons)

A Geely chegou no Brasil em 2014 representada pelo Grupo Gandini, responsável pela importação da sul-coreana Kia Motors no país. A passagem teve uma curta duração no país, marcada por uma suspensão nas vendas em 2016 e pelo encerramento oficial em 2018.

De acordo com levantamento feito pelo Autopapo, aproximadamente 1300 veículos da Geely foram emplacados no país entre a chegada no país até a suspensão das operações.

Nesse período, dois veículos foram vendidos: o sedã EC7 e o hatchback GC2.

Geely EC7

Um Geely EC7 prata, um dos veículos da Geely lançados no Brasil.
Geely EC7 (Imagem: Divulgação/Geely)

O sedã da Geely possui um motor 1.8 de 16 válvulas de 130 cavalos. Seu valor no Brasil foi de R$ 49.990 – na época, na faixa de preço de outros sedãs da Chevrolet no país. O modelo faz parte da linha de veículos luxuosos da empresa, chamado Emgrand.

Geely GC2

Um Geely GC2 amarelo, outro carro da Geely lançado no Brasil.
Geely GC2 (Imagem: Divulgação/Geely)

O GC2 conta com 68 cavalos e motor 1.0, com capacidade para atingir 130 quilômetros por hora e com consumo urbano de 11,8 km/l. O hatchback ganhou fama ao ter seu design inspirado nos pandas, animal típico da China. 

O blog do pecahoje.com.br possui análises de diversos carros chineses, como o Effa M100 e o Chery Celer. Confira todos no nosso blog.

Quando a Geely voltará ao Brasil?

Um veículo da marca parado na rua.
Geely Emgrand Hi-P (Imagem: Commons)

Desde sua saída, especula-se o retorno da montadora ao Brasil. O mais recente rumor aponta uma sondagem da empresa para adquirir as fábricas da fabricante americana Ford, que deixou o país em 2021. Na disputa estariam, também, a Changan (conhecida por Chana Motors no país) e a Great Wall (que já conhecemos em outro artigo).

A aventura no futebol chinês

Um veículo da marca parado na rua.
Geely CK I (Imagem: Commons)

De maneira similar à Lifan Motors, outra fabricante de automóveis chinesa que já discutimos em outro artigo, a Geely patrocinou uma equipe de futebol local: o Guangzhou Evergrande, equipe conhecida por ter diversos brasileiros que se uniram à seleção chinesa de futebol.

O patrocínio aconteceu em 2001, durante a participação da equipe na liga Jia B, segunda divisão do campeonato chinês. No entanto, a parceria durou pouco tempo, após um escândalo de compra de resultados envolvendo o time de Guangzhou.

Um Geely Boyue X estacionado.
Geely Boyue X (Imagem: Commons)

Shufu, fundador da Geely, afirmou que não voltaria a patrocinar nenhuma equipe do futebol chinês “até que o ambiente do futebol nacional melhore”. Desde então, a empresa não se associou a nenhuma equipe esportiva. Enquanto isso, outra montadora conhecida do blog do Pecahoje.com.br, a Lifan Motors, também patrocinou uma equipe de futebol – que você pode conhecer melhor nesse artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENVIO IMEDIATOENVIO
IMEDIATO

O maior estoque
do Brasil

AVALIAÇÕES EXCELENTESAVALIAÇÕES
EXCELENTES

Altíssimo índice de
avaliações positivas

PREÇO IMBATÍVELPREÇO
IMBATÍVEL

Desconto à vista ou
parcelado sem juros

COMPRA 100% SEGURACOMPRA
100% SEGURA

Credibilidade e
comprometimento



Plataforma

VTEX
WhatsApp chat